Vivemos tempos de extrema e absoluta brutalidade!

O BETRAYAL foi precrursor do Thrash/Speed Metal feito com técnica e total profissionalismo. A banda foi formada em 1988 com o nome MARTYR, gravaram um EP intitulado Imminent Warfare sendo lançado em K7 e logo depois mudaram para BETRAYAL, nome que segundo os membros se refere ao comportamento de 1/3 dos anjos que se rebelaram contra Deus, e o nome é um protesto contra tal traição. O primeiro álbum foi Renaissance by Death de 1991, um trabalho que estabeleceu um padrão para o Thrash Metal. Sem demora, foi a vez de The Passing em 1993, mais dois discos completos e em seguida desapareceram, mas não antes de causar um grande impacto no mercado do Heavy Metal em geral. Ambos foram lançados pela Wonderland Records, proprietária da Intense Records antes de ser vendida para Frontline Music. Este relançamento aconteceu sem nenhuma adulteração, mantendo sua fúria com músicas remasterizadas e ainda mais poderosas. Thrash / Speed Metal. The Passing tem uma característica diferente em relação ao primeiro Renaissance by Death pois apresenta de leve elementos industriais. Ambos apresentam uma progressão técnica e proficiência. Uma vez ouvido, ficará bem claro porque, embora tenham lançado apenas quatro álbuns nos anos 90, eles continuam sendo os favoritos entre os entusiastas do Thrash Metal em todo mundo. Com apenas quatro full-length, fizeram mais que grupos que lançaram dez álbuns ou mais álbuns. Indicado a fãs de Believer, Deliverance, Slayer, Exodus, Overkill, Testament, Tourniquet, The Crucified e Detritus.

Track-list: Renouncement, The Usurper, Carnival of Madness, Ichabod, Forest of Horrors, Race of Hypocricy, As I Turned Away, Whispers of Chaos, Strength of the Innocent, Retaliatory Strike e Frantic.

BETRAYAL - The Passing (remasterizado)

R$76,00
BETRAYAL - The Passing (remasterizado) R$76,00

O BETRAYAL foi precrursor do Thrash/Speed Metal feito com técnica e total profissionalismo. A banda foi formada em 1988 com o nome MARTYR, gravaram um EP intitulado Imminent Warfare sendo lançado em K7 e logo depois mudaram para BETRAYAL, nome que segundo os membros se refere ao comportamento de 1/3 dos anjos que se rebelaram contra Deus, e o nome é um protesto contra tal traição. O primeiro álbum foi Renaissance by Death de 1991, um trabalho que estabeleceu um padrão para o Thrash Metal. Sem demora, foi a vez de The Passing em 1993, mais dois discos completos e em seguida desapareceram, mas não antes de causar um grande impacto no mercado do Heavy Metal em geral. Ambos foram lançados pela Wonderland Records, proprietária da Intense Records antes de ser vendida para Frontline Music. Este relançamento aconteceu sem nenhuma adulteração, mantendo sua fúria com músicas remasterizadas e ainda mais poderosas. Thrash / Speed Metal. The Passing tem uma característica diferente em relação ao primeiro Renaissance by Death pois apresenta de leve elementos industriais. Ambos apresentam uma progressão técnica e proficiência. Uma vez ouvido, ficará bem claro porque, embora tenham lançado apenas quatro álbuns nos anos 90, eles continuam sendo os favoritos entre os entusiastas do Thrash Metal em todo mundo. Com apenas quatro full-length, fizeram mais que grupos que lançaram dez álbuns ou mais álbuns. Indicado a fãs de Believer, Deliverance, Slayer, Exodus, Overkill, Testament, Tourniquet, The Crucified e Detritus.

Track-list: Renouncement, The Usurper, Carnival of Madness, Ichabod, Forest of Horrors, Race of Hypocricy, As I Turned Away, Whispers of Chaos, Strength of the Innocent, Retaliatory Strike e Frantic.