Vivemos tempos de extrema e absoluta brutalidade!

Tudo começa com "Mercenary Pastor", uma violenta crítica aos que vivem de se aproveitar da fé e boa vontade alheias: "He came, so I can catch your money. He came, so I can sell his church". Poderia soar como um mero clichê, mas isso vindo de uma banda declaradamente cristã soa como um alerta de que as mentes estão se abrindo. Na sequência a banda apresenta "Brutality and Fatality!", que trata sobre o culto à violência na sociedade moderna; "Fast Food" é sobre a manipulação exercida pelas redes mundiais de lanchonetes; "My Intestine Is Displayed", 5ª faixa do trabalho, retrata os horrores de uma guerra; "Amazon Bleeds" traz a relevante preocupação com o futuro ambiental do planeta; e "Beautiful Mutilation" fecha o CD com uma letra sobre até que ponto o ser humano é capaz de ir para satisfazer suas vaidades pessoais. Tudo isso envolto no manto de um Death Metal que não permite concessões, o que pode fazer com que a banda soe um tanto cansativa para ouvidos menos acostumados. Mas "Target: human. Mission: destroy" é, sem dúvida nenhuma, um trabalho que merece ser apreciado - pelo som e especialmente pela coragem de Daniel Corpse (voz), Isaque Soares (guitarra), Jully Soares (baixo) e Vinicius Soares (bateria) em abordar assuntos sociais em conjunto com temas que envolvem a fé cristã. Destaque para a produção, que ficou a cargo da banda. A excelente parte gráfica conseguiu traduzir com perfeição a tensão sonora do CD. O Ministério da Saúde Musical adverte: ouça sem medo da brutalidade.

Resenha por Giorgio Moraes - Whiplash.Net

Track-list: 1. Mercenary Pastor, 2. Fatality Brutality, 3. Chaos in the Air, 4. Fast Food, 5. My Intestine Is Displayed, 6. You Will Be Hated, 7. My Abstract Side, 8. Amazon Bleeds, 9. Politicians in the Pigsty e 10. Beautiful Mutilation

KRIG - Target: Human - Mission: Destroy

R$25,00
KRIG - Target: Human - Mission: Destroy R$25,00

Tudo começa com "Mercenary Pastor", uma violenta crítica aos que vivem de se aproveitar da fé e boa vontade alheias: "He came, so I can catch your money. He came, so I can sell his church". Poderia soar como um mero clichê, mas isso vindo de uma banda declaradamente cristã soa como um alerta de que as mentes estão se abrindo. Na sequência a banda apresenta "Brutality and Fatality!", que trata sobre o culto à violência na sociedade moderna; "Fast Food" é sobre a manipulação exercida pelas redes mundiais de lanchonetes; "My Intestine Is Displayed", 5ª faixa do trabalho, retrata os horrores de uma guerra; "Amazon Bleeds" traz a relevante preocupação com o futuro ambiental do planeta; e "Beautiful Mutilation" fecha o CD com uma letra sobre até que ponto o ser humano é capaz de ir para satisfazer suas vaidades pessoais. Tudo isso envolto no manto de um Death Metal que não permite concessões, o que pode fazer com que a banda soe um tanto cansativa para ouvidos menos acostumados. Mas "Target: human. Mission: destroy" é, sem dúvida nenhuma, um trabalho que merece ser apreciado - pelo som e especialmente pela coragem de Daniel Corpse (voz), Isaque Soares (guitarra), Jully Soares (baixo) e Vinicius Soares (bateria) em abordar assuntos sociais em conjunto com temas que envolvem a fé cristã. Destaque para a produção, que ficou a cargo da banda. A excelente parte gráfica conseguiu traduzir com perfeição a tensão sonora do CD. O Ministério da Saúde Musical adverte: ouça sem medo da brutalidade.

Resenha por Giorgio Moraes - Whiplash.Net

Track-list: 1. Mercenary Pastor, 2. Fatality Brutality, 3. Chaos in the Air, 4. Fast Food, 5. My Intestine Is Displayed, 6. You Will Be Hated, 7. My Abstract Side, 8. Amazon Bleeds, 9. Politicians in the Pigsty e 10. Beautiful Mutilation